16:00:00 ás 19:00:00 - JULIANA CORREIA

SERTANEJÃO 98




Notícias

  • - Justiça nega visitas de Comissão de Deputados, Dilma Rousseff e outros políticos a Lula


    Ex-presidente da República está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Lula chegou à PF, em Curitiba, para cumprir pena de prisão na noite de 7 de abril Giuliano Gomes/PRPRESS A juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, negou o pedido de políticos que queriam vistar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ele está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF), na capital paranaense, desde 7 de abril. O despacho da juíza é da tarde desta segunda-feira (23). Deputados, a ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT) e outros políticos haviam peticionado, com o intuito de ver Lula. A "Comissão Externa" foi criada pela Câmara dos Deputados para "verificar in loco" as condições em que Lula se encontra na PF. A senadora e presidente do PT Gleisi Hoffmann, ex-senador Eduardo Suplicy (PT), o ex-ministro Carlos Lupi e o deputado Paulo Pimenta (PT) estão entre os políticos que pretendiam visitar o ex-presidente. O deputado Wadih Damous (PT) chegou a pedir para visitar Lula na condição de advogado. Nesta manhã, o Ministério Público Federal (MPF) se posicionou contra, afirmando que o pedido deveria ser indeferido. A juíza acolheu a manifestação do MPF. "Os parlamentares estão impedidos de advogar em causas que envolvam a Administração Púbica direta e indireta, bem comoconcessionárias ou permissionárias de serviço público", diz um trecho do documento protocolado pelo MPF no sistema eletrônico da Justiça Federal. Visita da comissão de senadores No dia 17 de abril, 11 senadores da Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado entraram na Superintendência da Polícia Federal para verificar as condições da prisão do ex-presidente. "Em data de 17/04/2018 já foi realizada diligência pela Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa do Senado Federal. Não há justo motivo ou necessidade de renovação de medida semelhante", justificou Carolina Moura Lebbos no despacho desta segunda-feira. Senadores visitam o ex-presidente Lula na Polícia Federal em Curitiba Giuliano Gomes/PR Press Outras negativas A juíza já tinha negado pedidos de senadores para visitar para Lula. Ela também negou o pedido de inspeção do Prêmio Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel. Lula preso Condenado em 1ª e 2ª instâncias, pela Operação Lava Jato, Lula cumpre pena de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. O pestista está detido em uma sala especial na PF. O espaço reservado é um direito previsto em lei. A sala fica no 4º andar do prédio da PF, com cama, mesa e um banheiro de uso pessoal. Também foi autorizada a instalação de um TV no local. Na sala especial de Lula tem uma cama de solteiro, mesa, cadeira e televisão. Igor Estrella Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Depois de 30 dias, gari encontra dona e devolve relógio achado na rua em Cascavel


    'Como aprendi com meus pais, não adianta ficar com o que não é da gente', diz Gilmar dos Santos. Depois de 30 dias, gari encontra dona de relógio achado na rua A placa de uma caminhonete era a única pista que o gari Gilmar dos Santos, de Cascavel, no oeste do Paraná, tinha de quem ele imaginava ser o dono de um relógio que encontrou na rua enquanto trabalhava. "Estava varrendo a calçada e achei o relógio no meio-fio, do lado de uma caminhonete preta. Como era hora do almoço, estava tudo fechado. Anotei a placa para depois voltar e tentar achar o dono. Na volta, não estava mais lá", contou. Sempre que passava pelo local, na Avenida Brasil, Gilmar procurava pela caminhonete. Algumas vezes perguntou para pessoas que trabalham na região se tinham perdido um relógio. "Um dia vi a caminhonete na frente de umas lojas e perguntei para o motorista. Ele disse que não sabia de nada. Uns minutos depois veio uma senhora correndo atrás de mim dizendo que a filha dela estava procurando um relógio que tinha perdido fazia um tempo." A senhora era a mãe da empresária Francine Piana Massignani. E o homem, o pai. Gilmar também recebeu homenagem e reconhecimento da empresa onde trabalha há oito anos Arquivo Pessoal Francine conta que, na quinta-feira (19), logo depois de ser abordado pelo gari, o pai relatou a história para a esposa, que lembrou do relógio da filha. "Já nem tinha mais esperança de encontrar. E nem fazia ideia de onde poderia ter perdido o relógio. Até que apareceu o seu Gilmar com a sua honestidade. Agradeci e deu uma recompensa. Ele nem queria. Mas, um gesto deste precisa ser reconhecido", destaca. A empresária também fez um vídeo com Gilmar e postou nas redes sociais elogiando a atitude e desejando que mais pessoas sigam o mesmo exemplo. "Os colegas de trabalho e as minhas filhas, de 15 e 10 anos, viram o vídeo. Como aprendi com meus pais, não adianta ficar com o que não é da gente. E, é isso que quero passar para elas também", aponta. Em oito anos como gari, Gilmar já tinha encontrado na rua dois telefones celulares. "Celular é mais fácil, né? Na hora que a pessoa percebe que perdeu já telefona para o número. Foi o que aconteceu. Achei e logo o telefone tocou e consegui devolver", lembra. O gesto de honestidade rendeu ainda o reconhecimento da empresa onde trabalha. Ele foi parabenizado e ganhou uma camiseta com palavras de incentivo. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Professora é presa suspeita de facilitar estupro de ex-enteada em troca de crack

    Caso foi registrado em Foz do Iguaçu, no sábado (21); prefeitura informou que servidora estava afastada desde fevereiro por 'indícios de desvio de conduta mora e ética'. Polícia investiga abuso contra adolescente em Foz do Iguaçu Uma professora, de 49 anos, foi presa suspeita de facilitar o estupro da ex-enteada, de 13 anos, em troca de crack. O suspeito de ter abusado da adolescente também foi preso. O caso, que está sendo investigado pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), foi registrado na madrugada de sábado (21), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. De acordo com a polícia, na sexta-feira (20) à noite, a professora convidou a menina para fazer um lanche e, depois de maquiá-la, a levou até uma casa, na região do Conjunto Buba, onde a apresentou para alguns homens. “Segundo o relato da adolescente, a mulher ofereceu a virgindade dela em troca de duas pedras de crack”, comentou o delegado Carlos Eduardo Pezzette Loro. O delegado disse ainda que um dos homens, de 21 anos, levou a menina para um dos quartos e a estuprou. Ao chegar em casa, a adolescente contou o que houve para o pai, que denunciou o caso à polícia. Durante a madrugada, policiais foram até o local indicado e detiveram cinco pessoas. Dois menores de idade e um homem foram ouvidos e liberados. A professora foi presa e indiciada por corrupção de menor. Já o suposto abusador deve responder por estupro de vulnerável. Ele negou o envolvimento no caso. A adolescente foi encaminhada ao hospital para a realização dos exames que podem comprovar se houve conjunção carnal. O inquérito deve ser concluído em até dez dias. Afastamento Em nota, a Prefeitura de Foz do Iguaçu informou que a professora, que também era diretora de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), está afastada desde fevereiro por “indícios de desvios de conduta moral, ética e de caráter administrativo”. Ainda conforme a prefeitura, o CMEI passou por uma intervenção administrativa para “apurar a conduta administrativa e criminal da servidora” e, no dia 1º de março, uma nova diretora tomou posse. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Com projeto de lei, Prefeitura de Curitiba pretende isentar pessoas de baixa renda da taxa de lixo


    De acordo com a Câmara Municipal, ainda não há data para a votação da proposta em Plenário, pois, precisa passar pelas comissões. Projeto de lei da Prefeitura de Curitiba quer isentar pessas de baixa renda da taxa de lixo Valdecir Galor/SMCS A Prefeitura de Curitiba quer isentar pessoas de baixa renda da taxa de lixo. Seriam beneficiados pelo projeto de lei contribuintes inscritos no cadastro único da Fundação de Ação Social (FAS) ou que se encontrem em situação de vulnerabilidade social. A proposta do Executivo foi enviada para a Câmara Municipal na terça-feira (17) para ser analisada pelos vereadores, conforme informou a Casa. A tramitação começou na quarta (18), porém, de acordo com a Câmara ainda não há data para a votação em Plenário, pois, o projeto de lei precisa passar pelas comissões. Se aprovado pelo parlamentares, vai para sanção do prefeito para, então, virar lei. A taxa de lixo Até 2017, a taxa de lixo era cobrada em conjunto com o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). Mas, a partir deste ano foi desvinculada, impossibilitando o usuário de ter descontos, como no imposto. A justificativa da prefeitura era de que, antes, apenas parte dos moradores pagavam a taxa e, com a mudança, todos pagarão. A previsão de arrecadação com a taxa do lixo para 2018 era de cerca de R$ 209 milhões, de acordo com a administração municipal. Em 2017, diz a prefeitura, o déficit foi de aproximadamente R$ 80 milhões. O projeto de lei Na nova proposta encaminhada pelo Executivo, há a possibilidade da administração municipal conceder remissão dos créditos tributários relativos à taxa de lixo de 2018 aos contribuintes que estejam no cadastro único ou que atendam às condições de vulnerabilidade. Ou seja, essas pessoas não pagarão à taxa referente à este ano. Contudo, o projeto não explica o que ocorrerá com quem já pagou a taxa. Caso a proposta seja aprovada, haverá renúncia fiscal de R$ 343.291,50, segundo a Câmara Municipal. O projeto prevê ainda a regulamentação sobre os prazos para o pedido de isenção. A solicitação será válida por um ano. Pedido de isenção Em fevereiro, a prefeitura determinou que moradores de baixa renda pedissem a isenção da taxa de lixo, caso comprovassem que não tinham condições de pagá-la. Os critérios estabelecidos pela prefeitura foram: Ter rendimento de até R$ 1.600 O valor máximo do impovel deve ser de R$ 140 mil Perto do fim do prazo para tentar a isenção da taxa de lixo, contribuintes enfrentaram fila para fazer o pedido. A administração municipal informou que houve 950 pedidos de isenção neste ano, de um total de 771,2 mil contribuintes. Moradores relataram demora no atendimento para conseguir a isenção da taxa de lixo em Curitiba Amanda Menezes/RPC Greca defendeu mudanças O prefeito Rafael Greca (PMN) chegou a defender as mudanças que deixaram a taxa de mais cara para moradores da capital parananense. "A Câmara pode estudar, mas eu acho que está bem aplicado. A reclamação é, normalmente, de quem é usurário de terrenos alugando várias casas. Quem comprovar sua incapacidade contribuitiva será contempleado pelo princípio constitucional de que não se cobra de quem não pode pagar. A prefeitura não vai cobrar dos humildes que não possam pagar e possam provar que não podem pagar", afirmou o prefeito, em janeiro. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - RPC: veja as informações adicionais das reportagens do dia 23/04/2018

    O G1 lista os principais destaques dos telejornais da RPC desta segunda-feira (23). Saiba os endereços, telefones e os sites das reportagens exibidas G1 Campos Gerais e Sul >>> Na terça-feira (24), o escritório regional do Sebrae, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, sedia a palestra de lançamento do curso Líder Coach, com a especialista em gestão de pessoas e liderança de equipe, Indakéia Marisol, a partir das 19h. A capacitação é direcionada para empresários e líderes de equipe. A inscrição é gratuita pode ser feita pelo telefone (42) 3228-2500. G1 Paraná Bom Dia Paraná >>> Nesta segunda-feira (23), é comemorado o Dia Mundial do Livro. A Biblioteca Pública do Paraná tem disponibilizando uma série de atividades para a comunidade. A biblioteca possui um acervo de cerca de 600 mil volumes, entre livros, periódicos, fotografias e materiais multimídia. Hoje, recebe cerca de 3 mil pessoas e realiza 1,5 mil empréstimos diariamente. Oferece também atendimento especial às crianças e aos deficientes visuais. Veja as atividades ofertadas. A Biblioteca Pública do Paraná - Rua Cândido Lopes, 133, Centro. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3221-4980. G1 Oeste e Sudoeste >>> Estão abertas as inscrições para casamento coletivo em Foz do Iguaçu, no oeste paranaense. A cerimônia será no dia 29 de junho, no Sesc. Os interessados devem se inscrever até o dia 25 de maio nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Confira os endereço dos Cras em Foz do Iguaçu: Cras Sul: Rua Lulas Nº 78, Sohab (Porto Meira) - (45) 3901-3260. Email: cras.sul.pmfi@gmail.com; Cras Leste: Rua Kid Jofre, Nº 686, Morumbi II - (45) 3901-3273. Email: cras.leste.pmfi@gmail.com; Cras Norte: Av. Andradina, S/Nº, Jardim Almada (Cidade Nova) - (45) 3901.3268. Email: cras.norte.pmfi@gmail.com Cras Nordeste: Rua Boanerges Borba Souto Maior, Nº 140, Jardim Bandeirantes - (45) 3901.3271. Email: crasnordestepmfi@gmail.com Cras Oeste: Rua Engenheiro Rebouças, 1495, Jardim Maracanã - (45) 3527-7206. Email: cras.oeste.pmfi@gmail.com Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Homem é preso com mais de 427 quilos de maconha em Cafezal do Sul


    Prisão foi realizada pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) na PR-323, nesta segunda-feira (23). Droga estava no bagageiro e no banco traseiro de veículo parado em Cafezal do Sul pela Polícia Rodoviária Estadual PRE/Divulgação Um homem de 34 anos foi preso por transportar pouco mais de 427,5 quilos de maconha na PR-323, em Cafezal do Sul, no noroeste do Paraná, nesta segunda-feira (23). A droga estava espalhada no banco traseiro e no bagageiro do veículo, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). A polícia informou que o motorista é morador de Curitiba. O carro utilizado para transportar o entorpecente foi roubado em Curitiba, no dia 24 de fevereiro de 2018. O preso, os 596 tabletes da droga e o carro foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Iporã, também na região noroeste. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - VÍDEOS: Bom Dia Paraná de segunda-feira, 23 de abril


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná.

  • - Três atropelamentos na região norte do Paraná deixam três mortos

    Entre as vítimas está uma criança de 1 ano e 8 meses. Acidentes ocorreram na noite de domingo (22) em Cambará, Carlópolis e Rolândia. Três pessoas morreram em atropeladas no norte do Paraná na noite de domingo (22). Os acidentes ocorreram em Cambará, Rolândia e em Carlópolis. Em Cambará, um menina de 1 anos e 8 meses foi atropelada pelo carro da família. De acordo com a Polícia Militar (PM), ela brincava na garagem de casa quando foi atingida pelo veículo que estava desengatado. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Jacarezinho. Acidente em rodovia federal O segundo acidente foi registrado na BR-369, em Rolândia. Um ciclista de 71 anos atravessava a rodovia perto do pedágio quando foi atropelado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do carro envolvido no atropelamento fez o teste do bafômetro que deu negativo. Ele responderá o inquérito em liberdade. O corpo foi encaminhado ao IML de Londrina. Rodovia Estadual E em Carlópolis, um homem de 51 anos foi atropelado na PR-218. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista do carro não conseguiu frear e acabou atropelando o pedestre. O motorista do automóvel ficou ferido e foi levado ao hospital de Carlópolis. O corpo do pedestre foi levado ao IML de Jacarezinho. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Após 16 anos de confirmação de troca na maternidade, jovens mantêm relação de irmãs: 'De duas famílias, a gente formou uma'


    Famílias de Francielle e Danielle, que moram no Paraná, decidiram abrir mão do registro das filhas biológicas e adotar as de criação. Após 16 anos de confirmação de troca na maternidade, Francielle (à esquerda) e Danielle (à direita) mantêm relação de irmãs Francielle Barbosa/Arquivo pessoal Duas jovens que foram trocadas na maternidade quando eram recém-nascidas, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, mantêm uma relação de irmãs até hoje, 16 anos após a confirmação da troca. Em 2002, um exame de DNA revelou que Danielle Evelyn da Silva e Francielle Lesovski Barbosa foram criadas uma pela família da outra. Mesmo depois do resultado, os pais decidiram não destrocar as duas. "De duas famílias, a gente formou uma só. Quando perguntam, a gente diz que somos gêmeas. Acho que foi a melhor decisão. A gente já tinha sete anos, não tinha como trocar", afirma Francielle. Encontros frequentes Francielle conta que os familiares se reúnem todos os fins de semana; ela mora, agora, em Foz do Iguaçu e os pais, em Santa Terezinha de Itaipu, a 22 quilômetros. A família adotiva de Danielle continua morando em Santa Terezinha de Itaipu. As famílias de Francielle e Danielle se reúnem todos os fins de semana (na foto, da esquerda para a direita: o pai José Silva, Francielle, Danielle, a mãe Maria Pereira da SIlva, o irmão biológico de Francielle Douglas com a filha Izabelle no colo) Francielle Barbosa/Arquivo pessoal Conquistas compartilhadas As duas jovens compartilham momentos importantes com as duas famílias. Na formatura de Francielle, que concluiu o curso de enfermagem em dezembro de 2017, os pais adotivos e biológicos foram convidados, assim como os outros filhos dos dois casais. O mesmo aconteceu na festa de formatura de Danielle, formada em administração. Francielle se formou no curso de enfermagem, em dezembro de 2017, e reuniu a família biológica e a adotiva (na foto, da esquerda para a direita: mariana, que é irmã biológica de Danielle, a mãe Ana Maria Barbosa, o pai Edinilson Barbosa, Francielle, o pai José Silva, a mãe Maria Silva e Danielle Francielle Barbosa/Arquivo pessoal Relembre o caso Os casais Maria Pereira da Silva e José Silva e Edinilson Barbosa e Ana Maria Barbosa tiveram as filhas Danielle e Francielle trocadas em um hospital de Santa Terezinha de Itaipu, em 1995. Ainda na maternidade, Maria e José notaram que Danielle (filha que criaram) tinha pele e olhos claros, diferentemente do casal. Eles juntaram dinheiro para pagar um exame de DNA, que comprovou que a menina não era filha do casal. Com o resultado, os dois buscaram localizar a filha biológica, até que encontraram os pais de Francielle. As duas famílias contam que sempre desconfiaram que algo poderia ter acontecido, entretanto, somente sete anos mais tarde, em 2002, os exames comprovaram que as jovens haviam sido trocadas. "Foi difícil. Na verdade eu não queria aceitar. A gente não acreditava. Eu acreditava que isso só acontecia em novela. Demorei um ano para aceitar o resultado do exame", conta Ana Maria, mãe adotiva de Francielle. Danielle (à esquerda) e Francielle (à direita), atualmente com 22 anos, tiveram a troca confirmada aos sete anos de idade Francielle Barbosa/Arquivo pessoal A mãe Ana Maria afirma que o objetivo é unir cada vez mais os familiares das duas. "Quando eu soube da troca, o medo era de perder ela (a filha de criação, Francielle) e, pelo contrário, a gente só ganhou. A união da gente continua sempre, porque é família, e família não separa", disse. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Uma pessoa morre e quatro ficam feridas em capotamento de carro na BR-277, em Curitiba


    Segundo a PRF, acidente aconteceu na noite deste domingo (22). Capotamento na BR-277 deixou uma pessoa morta e quatro feridas, neste domingo (22) Denilson Beltrame/RPC Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas, na noite deste domingo (22), em um capotamento de carro na BR-277, próximo ao viaduto do Contorno Sul, em Curitiba, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A polícia informou que duas pessoas sofreram ferimentos graves e outras duas se feriram levemente. Os feridos foram levados para o Hospital do Rocio, em Campo Largo, pelo Corpo de Bombeiros e ambulância da Rodonorte, concessionária que administra o trecho da rodovia. A Rodonorte informou que o acidente foi registrado no quilômetro 99 e a pista não chegou a ser bloqueada após o acidente. Conforme a concessionária, houve lentidão no trânsito durante o atendimento às vítimas e a retirada do veículo. As causas do acidente não foram informadas. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Câmara de Londrina faz audiência para discutir projeto de lei que restringe venda de bebidas alcoólicas em áreas públicas


    Debate, aberto à comunidade, será realizada nesta segunda-feira (23), às 19h, na sede do Legislativo. Câmara de Londrina realiza audiência pública nesta segunta-feira (23) para discutir projeto de lei que restringe a venda de bebidas alcoólicas em locais públicos Câmara Municipal de Londrina/Divulgação A Câmara de Vereadores de Londrina, no norte do Paraná, realiza nesta segunda-feira (23), às 19h, uma audiência pública para discutir um projeto de lei que quer restringir a venda de bebidas alcoólicas em ruas, praças, calçadas e outras áreas públicas do município. O debate é aberto à comunidade e será realizado na sala de sessões do Legislativo, com transmissão pelo site da Câmara. Entidades consultadas sobre o projeto foram convidadas para participar da discussão. O projeto de lei foi apresentado pela prefeitura em 2017, já passou por comissões do Legislativo, e aguarda manifestações de entidades consultadas. Ainda não há data para que ele seja discutido em plenário pelos parlamentares. O projeto A proposta, enviada ao Legislativo pela prefeitura, prevê que a venda e o consumo de bebidas em locais públicas em três situações: em casos de eventos realizados pelo Poder Público ou por particulares que tenham autorização; em áreas particulares próximas de locais públicos, independentemente de autorização; no entorno de bares, quiosques, lanchonetes e restaurantes, dentro dos limites estabelecidos na autorização prévia, desde que a bebida venha do próprio estabelecimento. Acesse aqui o projeto de lei 276/2017 na íntegra. O projeto prevê multa de R$ 500 a cada pessoa que estiver consumindo bebidas alcoólicas irregularmente em locais públicos, e de R$ 1 mil ao responsável pela venda. Em caso de reincidência, há a previsão de duplicação da multa. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Criança indígena atropelada por moto em Maringá morre, diz prefeitura

    Menina de quatro anos morreu por volta das 13h deste domingo (22), no norte do Paraná. A criança indígena de quatro anos que foi atropelada por uma moto na noite de sábado (21), na Avenida Guaiapó, no Conjunto Requião I, em Maringá, no norte do Paraná, morreu na tarde deste domingo (22). Ela estava internada em um hospital de Sarandi, na mesma região. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Sasc), que acompanha o caso. Ainda de acordo com a secretaria, a morte foi por volta das 13h. O atropelamento aconteceu por volta das 20h30; desde então, a menina estava em estado grave. De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que prestou atendimento, a vítima teve traumatismo craniano e chegou a sofrer uma parada cardiorrespiratória, mas foi reanimada e levada em estado grave ao Hospital Universitário (HU) de Maringá. Depois, foi transferida para o Hospital Metropolitano de Sarandi. De acordo com a secretária de Assistência Social de Maringá, Marta Regina Kaiser, a prefeitura está providenciando o translado do corpo da vítima para a aldeia onde ela vivia com os pais, em Ortigueira, na região dos Campos Gerais do Paraná. Ainda segundo a secretária, a família estava de passagem por Maringá, abrigada na Casa do Índio - que é mantida pela prefeitura. De acordo com Marta, mãe e filha iam até um mercado quando a criança escapou, fugiu em direção a rua e acabou sendo atropelada pela moto. Assistentes sociais estiveram no local do acidente e, desde então, acompanham o caso, oferecendo o suporte necessário à família. O motociclista prestou socorro e fez o teste do bafômetro, que não apontou o consumo de bebida alcoólica. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Depois de grupo ser proibido de praticar ioga no Jardim Botânico, prefeito determina reunião para escolher novo local


    Projeto Yoga no Parque alega que as aulas da modalidade são realizadas na grama do jardim desde 2014 e nunca houve dano ao ponto turístico. Vídeo registra integrantes do Yoga no Parque sendo retirados da grama do Jardim Botânico O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), determinou neste domingo (22) que seja realizada uma reunião entre as secretarias do Meio Ambiente e de Defesa Social com representantes do projeto Yoga no Parque, depois que o grupo foi proibido de praticar aulas da modalidade na grama do Jardim Botânico. A reunião, segundo determinação do prefeito, tem como objetivo definir um novo local que os integrantes do projeto possam usar. Assista ao vídeo acima o momento em que o grupo é impedido de praticar as aulas. Segundo Silvio Lopes, coordenador do projeto, a diretoria do Jardim Botânico acionou a guarda municipal no sábado (21) e abordou o grupo para impedir que eles se instalassem para a aula de ioga. Lopes afirma que cerca de 150 pessoas estavam no local para participar. "Foi um susto para todo mundo, nunca teve nenhuma alteração no nosso trabalho", afirmou o coordenador. Grupo impedido de praticar ioga na grama realiza aulas no Jardim Botânico desde 2014, segundo os organizadores Cesar Brustolin/Prefeitura de Curitiba Preservação do local A prefeitura alegou que a proibição foi feita porque o Jardim Botânico "não é um parque, mas, sim, um jardim. O Yoga no Parque não tem permissão para realizar a atividade na área onde desejam, por ser um local com plantas raras, ameaçadas de extinção". Entretanto, os representantes do projeto afirmam que outro evento, com barracas e estrutura foi montado no mesmo lugar onde o grupo praticava a atividade. "A gente não aceita sair dali porque, no exato momento da aula, estavam barracas e caminhões para outro evento que acontece neste fim de semana. Nunca teve uma grama danificada", disse Lopes. Sobre o evento que ocorre no local neste domingo, o município afirmou que há autorização por parte da prefeitura porque vai ser realizado em uma área "onde é possível" e foi autorizado com antecedência. Pedido de desculpas O prefeito postou um pedido de desculpas aos integrantes do projeto e apoiou a prática da ioga nos parques e praças da cidade. "Ioga é atividade saudável pro corpo e pra mente. Não gostei como o processo desse final de semana aconteceu e peço desculpas aos curitibanos de bem que foram mal tratados", afirmou Greca na postagem. Prefeito pediu desculpas aos integrantes do Yoga na Praça, impedidos de praticar aulas no Jardim Botânico de Curitiba neste fim de semana Reprodução/Facebook Yoga no Parque O projeto Yoga no Parque realiza aulas gratuitas de ioga em parques e pontos turísticos de Curitiba. Segundo os organizadores, as ações ocorrem há oito anos e já atenderam mais de 70 mil pessoas. Além do Jardim Botânico, onde o grupo promove aulas desde 2014, as atividades também são oferecidas no Parque Barigui, Ruínas de São Francisco e Praça Nossa Senhora de Salete, entre outros. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Quatro pessoas morrem e duas ficam feridas após carros baterem de frente na BR-280, no sudoeste do Paraná


    Acidente aconteceu na manhã deste domingo (22), em Flor da Serra do Sul, perto da divisa com Santa Catarina. Acidente entre dois veículos em Flor da Serra do Sul deixou quatro feridos no domingo (22) PRF/Divulgação Quatro pessoas morreram e outras duas ficaram gravemente feridas na manhã deste domingo (22) após dois carros baterem de frente na BR-280, em Flor da Serra do Sul, no sudoeste do Paraná, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os agentes da PRF estão no local do acidente – que fica no km 303,5 da rodovia, entre Flor da Serra do Sul e Barracão – e aguardam a chegada dos peritos. Bombeiros de Dionísio Cerqueira (SC) e de Palma Sola (SC) ajudaram no atendimento às vítimas, já que o trecho em que ocorreu o acidente fica próximo à divisa do Paraná com Santa Catarina. De acordo com a PRF, os dois feridos foram encaminhados para o hospital de Dionísio Cerqueira. Posteriormente, as vítimas feridas foram transferidas para o hospital de São Miguel do Oeste (SC), para a realização de exames, onde seguem internadas. Os corpos de uma adolescente de 16 anos e de três homens, de 19, 22 e 43 anos, foram encaminhados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Francisco Beltrão, também no sudoeste do estado, conforme a polícia. Acidente ocorreu na BR-280, trecho fica próximo à divisa do Paraná com Santa Catarina. PRF/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Três famílias são feitas reféns durante assalto a fazenda em Goioerê


    Crime aconteceu na noite de sábado (22); ninguém ficou ferido. Um suspeito foi preso com um veículo roubado em Guaíra. Um suspeito foi preso pela PRF em Guaíra, com um dos veículos roubados na fazenda PRF/Divulgação Três famílias que vivem e trabalham em uma fazenda em Goioerê, no noroeste do Paraná, foram feitas reféns durante um assalto na noite de sábado (22), segundo a Polícia Militar (PM). Ninguém ficou ferido. Um suspeito foi preso com um veículo roubado após abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Guaíra, no oeste do estado. As vítimas relataram que, por volta das 20h, os homens armados e encapuzados chegaram e renderam os moradores das três casas. Eles obrigaram as famílias a ficarem em um dos cômodos da sede da fazenda, conforme a PM. Na primeira casa, os bandidos reviraram tudo e levaram R$ 1,5 mil em dinheiro, uma televisão e dois telefones celulares. Um dos homens fugiu com a caminhonete do morador. Na segunda residência, os outros assaltantes roubaram uma televisão, um computador, um relógio, dois celulares, R$ 600 em dinheiro e um carro da família. Já na última casa os ladrões roubaram dois celulares, R$ 500 reais e uma caminhonete. Durante o roubo, o proprietário da fazenda chegou ao local, também foi rendido e teve a caminhonete roubada. Suspeito preso Um suspeito foi abordado no posto da PRF de Guaíra, no oeste do Paraná, com um dos veículos roubados na fazenda. Ele estava sem os documentos do veículo. Os agentes fizeram contato com a PM de Goioerê, que ligou para o dono do veículo. O filho atendeu a ligação dizendo que o carro tinha sido emprestado para um amigo da família e que estava tudo bem. Desconfiados de um roubo, os policiais foram até a fazenda para verificar a situação. Quando chegaram à fazenda, que fica na Estrada Palmital, os ladrões já tinham fugido. Com a confirmação do roubo a caminhonete foi apreendida pela PRF e o suspeito foi preso. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Passageiro de ônibus é preso com quase 20 kg de maconha em mala no Paraná


    Apreensão ocorreu na manhã deste domingo (22), na PR-364, em Assis Chateaubriand. Passageiro de ônibus é preso com quase 20 quilos de maconha em mala no Paraná Divulgação/PRF A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 19,9 quilos de maconha em um ônibus na PR-364, em Assis Chateubriand, na região oeste do Paraná, na manhã deste domingo (22). De acordo com a PRF, os 33 tabletes da droga estavam dentro de uma mala preta. O dono dela, de 39 anos, foi identificado e preso. Ele foi levado para a delegacia da Polícia Civil. A apreensão ocorreu durante uma operação de fiscalização na rodovia. O veículo tinha saído de Guaíra em direção a Cascavel, ambas no oeste do estado. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Empresário morre após queda de paramotor no interior do Paraná


    Segundo os bombeiros, Maximilian Júnior Felski fazia manobras quando caiu em um condomínio em São Jorge do Oeste, no início da noite de sábado (21). Empresário Maximilian Jr. Felski, de Quedas do Iguaçu, morreu após queda de paramotor, na noite de sábado Facebook/Reprodução O empresário Maximilian Jr. Felski, de 29 anos, morreu após uma queda de paramotor, no início da noite de sábado (21), em São Jorge do Oeste, no sudoeste do Paraná. Segundo o Corpo de Bombeiros, ele estava com amigos e com a namorada em um condomínio de lazer, onde não há casas. Ainda conforme os bombeiros, Felski sobrevoava o local e fazia manobras com o equipamento quando caiu. De acordo com os bombeiros, vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital Júlio Zavalla Barrientos, em São Jorge do Oeste, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo do empresário foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Pato Branco, de onde foi liberado às 10h deste domingo (22). O velório deve começar por volta das 16h deste domingo na Capela São Sebastião, em Quedas do Iguaçu, no oeste do Paraná, onde Felski morava. O sepultamento está prevsito para 8h desta segunda-feira (23), no Cemitério Municipal de Quedas do Iguaçu. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Ladrões fingem ser clientes e assaltam pizzaria em Castro, diz PM

    Situação ocorreu na noite de sábado (21); segundo a polícia, suspeitos foram ao local com mulher e crianças. Ladrões fingiram ser clientes para assaltar uma pizzaria em Castro, na região dos Campos Gerais do Paraná, na noite de de sábado (21). De acordo com a Polícia Militar (PM), dois homens, uma mulher e duas crianças entraram no local, no bairro Rio Branco, por volta das 22h. Depois de consumir tudo o que pediram, a mulher e as crianças deixaram o estabelecimento. Foi, então, que, segundo a polícia, os dois homens anunciaram o assalto. Eles falaram que estavam armados, pegaram todo o dinheiro do caixa e fugiram. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.

  • - Criança indígena fica gravemente ferida ao ser atropelada por moto em Maringá

    Acidente aconteceu por volta das 20h30 de sábado (21); prefeitura diz que menina estava com a mãe, mas escapou e foi em direção à rua. Uma criança indígena de quatro anos ficou gravemente ferida ao ser atropelada por uma moto na Avenida Guaiapó, no Conjunto Requião I, em Maringá, no norte do Paraná, por volta das 20h30 de sábado (21). De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que prestou atendimento, a menina teve traumatismo craniano e chegou a sofrer uma parada cardiorrespiratória, mas foi reanimada e levada em estado grave ao Hospital Universitário (HU) de Maringá. Depois, ela foi transferida para o Hospital Metropolitano de Sarandi, também no norte do Paraná, onde ainda continuava internada nesta manhã. Por telefone, a secretária de Assistência Social de Maringá, Marta Regina Kaiser, explicou à RPC que a família da criança é de Ortigueira, na região dos Campos Gerais do Paraná, e que eles estavam de passagem pela cidade, abrigados na Casa do Índio. Ainda segundo a secretária, mãe e filha iam até um mercado quando a criança escapou, fugiu em direção a rua e acabou sendo atropelada pela moto. Assistentes sociais estiveram no local do acidente e, desde então, acompanham o caso, oferecendo o suporte necessário à família. O motociclista prestou socorro e fez o teste do bafômetro, que não apontou o consumo de bebida alcoólica. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Acidente entre carros mata quatro pessoas na PR-473; menina de três anos é única sobrevivente

    Batida aconteceu na noite de sábado (21), em Cruzeiro do Iguaçu, no sudoeste do estado. Quatro pessoas morreram em uma batida entre dois carros na PR-473, em Cruzeiro do Iguaçu, no sudoeste do Paraná, na noite de sábado (21). Uma criança foi a única sobrevivente. Em um dos carros, estavam dois irmãos gêmeos de 23 anos. No outro, um casal, de 26 e 28 anos, e a filha de três anos. A menina está internada com fraturas nas pernas em um hospital de Francisco Beltrão, também no sudoeste do estado. A Polícia Civil vai instaurar um inquérito policial para apurar as causas do acidente. Os quatro corpos foram recolhidos pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Francisco Beltrão. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Acidente com cavalo mata homem e deixa família dele gravemente ferida na BR-277, no litoral do Paraná


    Carro da família atropelou cavalo por volta das 2h50 deste domingo (22), em Paranaguá; animal também morreu. Com a força da pancada, parte do teto do carro foi arrancada Divulgação/PRF Um homem de 56 anos morreu depois que o carro em que ele estava atopelar um cavalo na BR-277, em Paranaguá, no litoral do Paraná, por volta das 2h50 deste domingo (22). A esposa e o filho dele, que era o motorista do veículo, ficaram gravemente feridos. A batida aconteceu no quilômetro 6,6, no sentido litoral. Ainda conforme a polícia, com a força da pancada, parte do teto do carro foi arrancada. A pista ficou parcialmente interditada até as 5h40. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem chegou a ser socorrido com vida, mas morreu na ambulância. Mãe e filho foram encaminhados ao Hospital Regional de Paranaguá pela concessionária que administra o trecho, a Ecovia. A família é de Paranaguá. O cavalo, que estava solto na pista, morreu na hora. Até a publicação desta reportagem, o dono do animal não havia sido identificado. Serviço Pessoas que eventualmente tenham informações sobre a propriedade do animal podem entrar em contato com a PRF, inclusive de forma anônima, pelo telefone de emergência 191. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Motorista com sinais de embriaguez fica ferido em acidente entre carro e caminhão na BR-376


    Acidente aconteceu por volta das 22h30 de sábado (21), em Ponta Grossa. Motorista com sinais de embriaguez fica ferido em acidente entre carro e caminhão na BR-376 Divulgação/PRF Um motorista de 52 anos ficou ferido em um acidente entre o carro que ele dirigia e um caminhão na BR-376, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, por volta das 22h30 de sábado (21). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele apresentava sinais de embriaguez. O acidente aconteceu no quilômetro 498, embaixo do viaduto do bairro Vendrami. Segundo a PRF, o carro bateu de frente contra o caminhão enquanto saía de uma alça do trevo e entrava para a contramão da pista sentido Curitiba. A vítima foi levada com ferimentos leves ao Pronto-Socorro Municipal (PSM) pela concessionária que administra o trecho, a CCR Rodonorte. O motorista não foi preso; a polícia recolheu a Permissão para Dirigir e o veículo dele, com placas de Prudentópolis, na região central do Paraná. O caminhoneiro não se feriu. Ele fez o teste do bafômetro, que deu negativo. O caminhão tem placas de Morro da Fumaça, em Santa Catarina. Por causa da batida, uma faixa de trânsito da BR-376 ficou interditada das 22h30 às 23h50. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Paraná espera imunizar 3,2 milhões de pessoas contra gripe; vacinação começa nesta segunda-feira


    Campanha de vacinação continua até 1º de junho; cinco pessoas morreram pelo vírus da influenza no estado neste ano. Paraná espera vacinar 3,2 milhões de pessoas contra gripe Divulgação A Secretária de Estado da Saúde (Sesa) dá início, na segunda-feira (23) à campanha de vacinação contra a gripe causada pelo vírus influenza. A expectativa é a de que 3,2 milhões de paranaenses sejam imunizados - ou seja, 90% do público-alvo. A vacina é oferecida de graça nas unidades de saúde de todos os 399 municípios paranaenses até 1º de junho. Neste ano, de acordo com o último boletim da Sesa, havia 31 casos confirmados da doença - cinco pessoas morreram. Nesta campanha de vacinação, o público alvo são: Idosos com 60 anos ou mais; Crianças de seis meses a quatro anos de idade; Gestantes; Puérperas (mulheres em até 45 dias depois do parto); Profissionais de saúde; Indígenas; Portadores de doenças crônicas; População privada de liberdade; Funcionários do sistema prisional; Professores das instituições públicas e privadas. O governo estadual recomenda que a população procure a imunização o quanto antes porque a vacina demora, em média, 15 dias para fazer efeito. A Sesa diz, ainda, que a vacina contra a gripe é extremamente segura e eficaz e recomenda outras medidas de prevenção, como: Higienização das mãos com álcool gel; Manter os ambientes bem ventilados; Utilizar lenços descartáveis ou cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir; 2017 Na campanha de 2017, de acordo com a secretaria, o Paraná bateu a meta, imunizando 2,7 milhões de paranaenses. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Descendente de alemães ensina receita tradicional de porco à milanesa com molho de páprica


    O prato é conhecido na Alemanha como paprika schnitzel. Descendente alemã ensina receita de carne de porco a milanesa com molho de páprica A receita de carne de porco à milanesa com molho de páprica é tradicional na culinária da Alemanha, onde é conhecida pelo nome de paprika schnitzel. Marizelia Jansen é dona de uma pousada na Colônia Witmarsum, em Palmeira, nos Campos Gerais, e conta que o prato é muito solicitado pelos turistas que visitam a localidade. A colônia reúne descendentes alemães na região. A empresária ensina como preparar o prato. Confira, abaixo, como fazer. Ingredientes: bifes suínos 1 xícara de água 3 colheres (sopa) de farinha de trigo farinha de rosca sal a gosto Molho 1 xícara de nata fresca 2 colheres (sopa) de páprica picante 1 colher (sopa) de páprica doce 2 colheres (sopa) de molho de pimenta 1 colher (sopa) de farinha de trigo 1 tablete de caldo de carne Modo de preparo: Comece com o bife à milanesa. Misture sal, farinha e água. Umedeça o bife na mistura e passe a carne na farinha de rosca, dos dois lados. Em uma panela, coloque uma colher (de sopa) de óleo e refogue o caldo de carne, acompanhado com a páprica picante e doce, molho de pimenta e farinha. Por último, acrescente nata e mexa até engrossar. Acrescente o molho. ** O prato, típico alemão acompanha arroz branco, batatas e chucrute. A receita de porco a milanesa com molho de páprica é conhecida na Alemanha como paprika schnitzel Reprodução/RPC Veja mais notícias do campo no Caminhos do Campo.

  • - Paraná registra queda na produção de maçã em 2018


    Segundo a Associação Brasileira de Produtores de Maçã, estado deve colher 32% a menos neste ano, em comparação a última safra. Paraná registra queda na produção de maçã em 2018 O Paraná registrou queda no volume de produção de maçã em 2018, segundo dados da Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM). Os produtores do estado devem colher 32% a menos do que em 2017, conforme a associação. Em 2017, foram colhidas 52 mil toneladas de maçã no Paraná. Já em 2018, a expectativa é de 35 mil toneladas. O motivo para a queda da produção, de acordo com a ABMP foi a seca registrada no início do ciclo de produção da fruta, o que causou prejuízo na qualidade do produto. Confira, acima, na reportagem. Segundo a Associação Brasileira de Produtores de Maçã, estado deve colher 32% a menos neste ano, em comparação a última safra Reprodução/RPC Veja mais notícias do campo no Caminhos do Campo.

  • - Preço da soja no Paraná atinge o maior valor dos últimos dois anos, diz Seab


    Segundo a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná, valores subiram cerca de 25%. Preço da soja alcança o maior valor dos últimos dois anos O preço da saca de soja no Paraná atingiu o maior valor dos últimos dois anos, segundo dados do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Seab). Nas primeiras semanas do mês de abril, conforme o departamento, a saca de 60 quilos do grão chegou a ser comercializada a R$ 76, um aumento de cerca de 25%, se comparado ao mesmo período de 2017, quando a saca era vendida a R$ 57. Os agricultores colheram 98% da área cultivada e venderam mais de 30% da soja colhida, ainda conforme dados do Deral. Confira, acima, na reportagem. Preço da soja no Paraná atingiu o maior valor dos últimos dois anos, diz Seab Reprodução/RPC Veja mais notícias do campo no Caminhos do Campo.

  • - Paraná TV 2ª edição de sábado, 21 de abril


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de todas as regiões. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de todas as regiões.

  • - Imposto de Renda 2018: a menos de 10 dias para prazo final, metade dos contribuintes do Paraná ainda não fez declaração


    Até este sábado (21), Receita Federal do Paraná havia recebido 924 mil declarações; prazo termina no dia 30 de abril. A menos de 10 dias para prazo final, metade dos contribuintes do Paraná ainda não fez declaração A Receita Federal do Paraná informou que havia recebido cerca de 924 mil declarações do Imposto de Renda 2018 até a tarde deste sábado (21). O número representa pouco mais da metade das 1,8 milhão de declarações que devem ser entregues no estado. O prazo termina no dia 30 de abril. Para preencher a declaração, é preciso baixar o programa gerador no site da Receita Federal. Clique aqui para baixar. Se preferir, o contribuinte pode prestar contas por meio de aplicativos em tablets e smartphones. SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2018 O contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo fica sujeito ao pagamento de multa de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo correspondente a 20% do imposto devido. Quem deve declarar? Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2017. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado. Também devem declarar: Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado; Quem obteve, em qualquer mês de 2017, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; Quem teve, em 2017, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural; Quem tinha, até 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2017. Quem optar pelo declaração simplificada abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária, como aquelas por gastos com edudação e saúde, mas tem direito a uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado. Como declarar? Segundo o Fisco, a declaração pode ser elaborada de três formas: Computador, por meio do Programa Gerador da Declaração (PGD) IRPF2018, disponível no site da Receita Federal do Brasil na internet; Dispositivos móveis, tais como tablets e smartphones, por meio do serviço “Meu Imposto de Renda”, acessado pelo aplicativo “Meu Imposto de Renda”, disponível também a partir desta quinta-feira no Google play, para o sistema operacional Android, ou na App Store, para o sistema operacional iOS; Computador, mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), com o uso de certificado digital, e que pode ser feito pelo contribuinte ou seu representante com procuração eletrônica. Para a transmissão da declaração não é necessário instalar o programa de transmissão Receitanet, uma vez que essa funcionalidade está integrada ao programa do IR deste ano, informou o Fisco. Entretanto, continua sendo possível a utilização do Receitanet para a transmissão. Não é mais permitida a entrega do IR via disquete nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. A entrega do documento via formulário foi extinta em 2010. VEJA OS LIMITES DE DEDUÇÕES NO IMPOSTO DE RENDA 2018 Contribuintes podem elaborar e apresentar declaração do imposto de renda por meio de programa disponível no site da Receita Federal. Reprodução/Receita Federal Restituições Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, receberão mais cedo as restituições do Imposto de Renda, se tiverem direito a ela. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade. As restituições começarão a ser pagas em junho, e seguem até dezembro, para os contribuintes cujas declarações não caírem em malha fina. Novidades na declaração do IR de 2018 Uma das novidades do Imposto de Renda neste ano é que serão exigidos CPFs para dependentes incluídos na declaração com 8 anos ou mais. Em 2017, o CPF havia passado a ser obrigatório para crianças a partir de 12 anos. A redução da idade visa evitar que a declaração caia na malha fina, "possibilitando maior rapidez na restituição do crédito tributário", informou o Fisco. A partir de 2019, a obrigatoriedade será para todos os dependentes, de qualquer idade. De acordo com a Receita, o programa de declaração neste ano também vai pedir aos contribuintes mais dados sobre seus bens declarados, entre eles endereço de imóveis, sua matrícula, IPTU, e data de compra, além do número do Renavam de veículos. O contribuinte, porém, não será obrigado a fornecer essas informações. A partir deste ano também será possível retificar as declarações enviadas por meio de dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Para isso, entretanto, é necessário que declaração original tenha sido enviada do mesmo aparelho. Imposto a pagar O contribuinte que tiver imposto a pagar poderá dividir o valor em até oito cotas mensais, mas nenhuma delas pode ser inferior a R$ 50. A primeira cota, ou a única, deve ser paga até 30 de abril e, as demais, até o último dia útil de cada mês, acrescidas de juros. O pagamento integral do imposto, ou de suas cotas e dos acréscimos legais, pode ser efetuado mediante: transferência eletrônica de fundos por meio de sistemas eletrônicos dos bancos; Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), em qualquer agência bancária; ou débito automático em conta-corrente. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Polícia prende mais um suspeito de participar de assassinato de ex-secretário de Obras de Quedas do Iguaçu


    Prisão foi neste sábado (21); houve troca de tiros e jovem de 23 anos tentou fugir. "Bicheiro", como Jair era conhecido, foi morto com cinco tiros, quando saía de casa para trabalhar, por volta das 7h30 do dia 8 de novembro Reprodução/RPC Um jovem de 23 anos foi preso, neste sábado (21), em Quedas do Iguaçu, no oeste do Paraná, suspeito de participar do assassinato de Jair de Andrade, ex-secretário de Obras do município. Quando os policiais chegaram ao bar para prender o suspeito, foram recebidos a tiros. Segundo a Polícia Civil, ninguém ficou ferido. Depois do tiroteio, ainda conforme a polícia, o jovem também tentou fugir, mas foi capturado e levado para a delegacia. Ele já tem condenações por roubo e por corrupção de menores, ainda conforme a polícia. O crime "Bicheiro", como Jair era conhecido, foi morto com cinco tiros, quando saía de casa para trabalhar, por volta das 7h30 do dia 8 de novembro de 2017. Ele tentou correr para dentro de casa, mas não conseguiu. No dia seguinte, a polícia encontrou o carro usado no crime todo queimado. Em fevereiro deste ano, um outro suspeito, de 22 anos, também foi preso pela polícia; ele segue na cadeia. As investigações continuam. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Ladrão leva tiro ao tentar assaltar lancha de policial no Paraná, diz PM


    Situação ocorreu neste sábado (21), em Itaipulândia; de acordo com a polícia, ele e outros dois assaltantes estavam de barco. Ladrão leva tiro ao tentar assaltar lancha de policial no Paraná, diz PM Um ladrão foi baleado enquanto tentava assaltar a lancha de um policial no Lago de Itaipu, em Itaipulândia, na região oeste do Paraná, no início da tarde deste sábado (21). Segundo a Polícia Militar (PM), um policial de folga pescava com a família quando ele e outros dois assaltantes chegaram de barco, atirando com escopetas. Ainda conforme a polícia, o policial revidou e acabou baleando a perna de um dos suspeitos, que é paraguaio. Ele caiu na água e foi levado, por pescadores, até a margem do lago para receber atendimento médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele foi levado para o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, no oeste. Os outros dois criminosos conseguiram fugir, de barco, para o lado paraguaio do lago. A polícia fez buscas, mas, até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. A lancha em que o policial estava foi atingida por tiros, mas ninguém se feriu. A Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu, também no oeste do estado, deve fazer uma perícia nela. A Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu, também no oeste do estado, deve fazer uma perícia nela Guia Medianeira Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Corrida bloqueia trânsito em ruas de Londrina na manhã deste domingo (22)


    Interdições totais e parciais começam às 6h e seguem até as 11h, nas imediações do Lago Igapó e do aterro do lago. Trajeto de 10 km da 'Corrida do Bem' passa pelos Lagos Igapó I e II e pelo aterro Corrida do Bem/Reprodução A “Corrida do Bem”, que será realizada em Londrina, no norte do Paraná, neste domingo (22), vai causar o bloqueio totais e parciais de ruas nas imediações do Lago Igapó e do aterro do lago, entre as 6h e as 11h. A orientação é para que os motoristas evitem os trechos interditados e procurem rotas alternativas. Veja no fim da reportagem a lista de ruas que serão bloqueadas. A prova tem percursos de 5 km e de 10 km e começa às 8h. Agentes de trânsito da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) trabalham no apoio no bloqueio, orientação e monitoramento do movimento. Vinte fiscais da CMTU vão atuar em vários pontos do trajeto para garantir a segurança de competidores e motoristas. Nas áreas de bloqueio total, somente moradores poderão transitar durante o período da competição. O acesso às vias será permitido após comunicação aos agentes da intenção de entrar ou sair dos imóveis. Veja as ruas que serão bloqueadas neste domingo (22): Na Faria Lima, avenidas Higienópolis, Adhemar Pereira de Barros, Waldemar Spranger, Harry Prochet e nas ruas Souza Naves e Humaitá os bloqueios serão parciais; Já na Bento Munhoz da Rocha Neto, Professor Joaquim de Matos Barreto, Amintas de Barros, Almeida Garret, Júlio Estrela Moreira, Rua da Canoagem, bem como no trecho que liga as avenidas Maringá e Ayrton Senna, a interdição será total. Para fugir dos bloqueios totais de trânsito, os motoristas têm como opção as ruas Prefeito Faria Lima, Humaitá, as avenidas Madre Leônia Milito, Higienópolis Waldemar Spranger e Duque de Caxias. Percurso de 5 km da prova passa pelo Lago Igapó I e pelo aterro Corrida do Bem/Reprodução Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Acidente entre caminhão e táxi deixa três feridos em Paranaguá

    Acidente aconteceu na tarde deste sábado (21), na BR-277, no litoral do Paraná. Três pessoas ficaram feridas - uma delas em estado grave - em um acidente entre um táxi e um caminhão no quilômetro 5 da BR-277, em Paranaguá, no litoral do Paraná. A batida aconteceu na tarde deste sábado (21). Segundo a concessionária que administra o trecho, a Ecovia, o taxista ficou gravemente ferido; uma mulher e um bebê que estavam junto tiveram ferimentos leves. Os três foram levados ao Hospital Regional de Paranaguá. Ainda conforme a Ecovia, não houve feridos no caminhão. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Aprenda a cultivar mudas de ora-pro-nóbis, planta comestível rica em proteínas


    Agrônomo ensina como cortar e preparar a planta para que ela cresça de forma saudável. Conheça a planta usada por muita gente para substituir a proteína da carne A ora-pro-nóbis, planta de origem africana conhecida por ser comestível, rica em proteínas, vitaminas e fatores anti-oxidantes, pode ser uma boa opção para jardins residenciais. Para que a planta se desenvolva de forma saudável, o agrônomo Paulo Guilherme, do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), ensina como cortar e cultivar as mudas. Confira as dicas abaixo. As mudas de ora-pro-nóbis necessitam de espaço e um ponto de apoio para crescer. Portanto, é importante usar pedaços de madeiras ou bambu para apoiar a muda em muros ou superficies que possibilitem que a planta se espalhe. A ora-pro-nóbis é uma espécie de planta conhecida por ser rica em proteínas; ela pode ser usada para o preparo de alimentos Reprodução/RPC Corte e plantio Primeiro, retire um pedaço da planta. Com uma tesoura de poda, arranque as folhas em excesso. Aproveite-as para preparar receitas, como por exemplo, um bolinho de ora-pro-nóbis. Deixe apenas três folhas no caule da muda, o suficiente para que ela enraize. Enterre a ponta do caule em uma profundidade de aproximadamente dois terços do comprimento da muda. Pressione a terra em volta do caule enterrado para ajudar no processo de hidratação. O agrônomo ressalta que é possivel aproveitar um mesmo vaso para plantar duas ou mais mudas. Agrônomo ensina a cultivar mudas de ora-pro-nóbis Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Eleitores paraguaios vão às urnas para escolher o novo presidente neste domingo

    País vizinho também vai definir novos governadores, senadores e deputados. Por causa das eleições, muitas lojas estarão fechadas. Paraguaios escolhem novo presidente do País neste domingo (22) O Paraguai escolhe o novo presidente neste domingo (22). As eleições também vão definir os novos governadores departamentais, os senadores e deputados. Mais de 4 milhões de eleitores paraguaios devem comparecer às urnas. No país vizinho o voto é obrigatório, mas não existe punição para quem não comparecer. Trata-se da sétima eleição no Paraguai desde a redemocratização, em 1989. Ao todo, dez candidatos disputam o cargo mais importante do Paraguai na política. Veja quem são os candidatos a presidente no Paraguai. Os dois principais candidatos são Mário Benítez, o Marito, do Partido Colorado, reconhecido como direita no país vizinho; e Efrain Alegre, do Partido Liberal aparece como a maior força da esquerda. A reeleição no país não é permitida por lei, e a duração dos mandatos para presidente é de cinco anos. Votação Neste sábado (21), as propagandas eleitorais estavam por toda parte nas ruas e avenidas de Cidade do Leste, onde o comércio fecha neste domingo. Também por causa da eleição, muitas lojas das principais cidades paraguaias não abrem neste domingo. Para esta votação urnas eletrônicas brasileiras não serão usadas, como chegou a acontecer em eleições anteriores. O voto será manual, com papel e caneta. As eleições estão em destaque nos jornais. No ABC Color, um dos principais diários do Paraguai, o pedido na manchete é por votos conscientes, e que a população não eleja corruptos. Expectativa eleitores A dona de casa Esmilda Ruiz elenca as prioridades para o país no momento. "Eu acho importante a educação e os estudos. Hoje em dia está muito difícil, a qualidade de ensino precisa melhorar e, sem estudo, não há nada", declarou. Já o aposentado Ramon Gimenez diz que espera que a segurança seja priorizada. "Tomara que ganhe o melhor candidato, né? A gente espera. Para mim a prioridade é segurança, garantia jurídica e que as instituições cumpram seu dever e que cumpra bem", ressaltou. Celeste Estaple, que trabalha como empregada doméstica, acredita que a fronteira precisa de atenção em relação aos crimes que são cometidos na linha entre Brasil e Paraguai. "A nossa fronteira precisa de atenção do presidente e governadores. Passa muita gente daqui pra lá, de lá pra cá... E precisamos de um bom controle para que não haja tráfico de muitas coisas ilegais”, disse. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

  • - Passageiros são trancados em bagageiro após assalto a ônibus em Caçador

    Vítimas foram obrigadas a ficar apenas com roupas íntimas. Ninguém ficou ferido.  Ônibus de Florianópolis que seguia para Foz do Iguaçu é assaltado na SC-350, em Caçador Um ônibus com quarenta passageiros, que fazia o trecho entre Florianópolis até Foz do Iguaçu (PR), foi assaltado na madrugada deste sábado (21). As vítimas foram obrigadas a ficar de roupas íntimas e foram trancadas no bagageiro. Ninguém ficou ferido e nenhum suspeito foi preso, como mostrou o Jornal do Almoço. Segundo a polícia, o assalto foi anunciado em Caçador, na SC-350, no Oeste catarinense. Pelo menos sete suspeitos armados pararam o ônibus na rodovia, mas a polícia não deu detalhes sobre a ocorrência. Dinheiro e pertences das vítimas foram levados pelos criminosos. Os policias foram chamados depois que um dos passageiros conseguiu sair do bagageiro pra pedir ajuda. Eles prestaram depoimento na delegacia de Caçador e depois seguiram viagem.

  • - VÍDEOS: Paraná TV 1ª edição de sábado, 21 de abril


    Assista aos vídeos dos telejornais com as notícias do Paraná. Assista aos vídeos dos telejornais com as notícias do Paraná.

  • - Acidente entre caminhão e dois carros interdita uma faixa da PR-182; duas pessoas ficaram feridas


    Rodovia foi totalmente liberada às 16h40 deste sábado (21); em Diamante do Norte. Em Cruzeiro do Oeste, quatro pessoas ficaram feridas em batida na PR-323. Acidente interdita parte da PR-182 Um acidente entre um caminhão e dois carros deixou duas pessoas feridas e interditou uma faixa na PR-182, em Diamante do Norte, no noroeste do Paraná, por volta das 8h deste sábado (21). A rodovia foi totalmente liberada às 16h40. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o caminhão, carregado com soja, tombou depois que o motorista perdeu o controle da direção em uma curva fechada, atingindo dois veículos que vinham no sentido contrário. O motorista do caminhão e a passageira de um dos carros sofreram ferimentos leves e foram encaminhados para o hospital. A rodovia teve uma faixa interditada e o trânsito funcionou em meia pista até a retirada da carga e do caminhão do local. O ponto do acidente fica entre Diamante do Norte e Itaúna do Sul. Acidente entre caminhão e dois carros interdita uma faixa da PR-182, no noroeste do Paraná PRE-PR/Divulgação Acidente na PR-323 Na PR-323, em Cruzeiro do Oeste, também no noroeste, quatro pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo um carro e um caminhão. Os dois veículos bateram de frente por volta das 4h30 deste sábado. Todos os feridos estavam no carro e foram encaminhados para o Hospital Municipal de Cruzeiro do Oeste. Duas vítimas precisaram ser transferidas para o Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Umuarama, na mesma região do estado, com suspeita de traumatismo craniano. Ambas estão estáveis. A pista chegou a ser interditada, mas foi liberada em seguida. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina tem fuga seguida de rebelião, diz PM


    Vinte e seis presos fugiram por volta das 9h deste sábado (21) e, logo depois, outros detentos se rebelaram. Situação foi controlada por volta das 14h. Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina tem fuga seguida de rebelião, diz PM A Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná, registrou a fuga de 26 presos na manhã deste sábado (21), segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp). Após a fuga, houve uma rebelião e presos foram feitos reféns. O número de detentos feitos reféns não foi informado. A situação foi controlada por volta das 14h, após negociação, segundo a Polícia Militar (PM). Conforme o capitão da PM Robson Falk Vieira, que acompanhou a situação no local, os presos feitos reféns chegaram a ser levados para o telhado da unidade. Não houve registro de funcionários reféns, ainda de acordo com o capitão. Cinco presos tiveram ferimentos leves ao subir no telhado da cadeia, dois deles eram reféns, segundo a PM. A Sesp informou que, até as 18h deste sábado, 12 dos 26 fugitivos já tinham sido recapturados. Alguns presos foram feitos reféns e levados para o telhado da Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina, neste sábado Fernanda Skalisz Trento/Arquivo pessoal A polícia detalhou que os detentos colocaram fogo em uma sala da delegacia, que fica no mesmo prédio da cadeia, onde estavam guardados pneus. O Corpo de Bombeiros foi chamado para controlar o incêndio. Durante a negociação com a PM, os presos pediram a presença de um representante do Poder Judiciário. Uma juíza foi até a cadeia e conversou com os detentos, que pediram que sejam cumpridos os prazos para progressão de pena. PM informou que, durante rebelião, presos colocaram fogo em uma sala da Delegacia de Santo Antônio da Platina, que funciona no mesmo prédio da cadeia; neste sábado (21) PM-PR/Divulgação Depois da conversa com a magistrada, os presos foram por conta própria para o solário, onde, por volta das 15h, aguardavam a vistoria nas celas, que era realizada pelos policiais militares. A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp) informou que, até a manhã deste sábado, havia aproximadamente 140 presos na unidade, que foi projetada para abrigar 54. Durante rebelião em Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina presos foram feitos reféns e levados para o telhado da unidade, neste sábado (21) PM-PR/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

  • - Homem com tornozeleira eletrônica é preso com 979 comprimidos de ecstasy e 210 kg de maconha, diz polícia


    Suspeito foi abordado pela PM na sexta-feira (20), em Fazenda Rio Grande. Com o suspeito, preso em Fazenda Rio Grande, foram apreendidos 979 comprimidos de ecstasy, conforme informações da Polícia Militar Divulgação/PM Um homem com tornozeleira eletrônica foi preso em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, com 979 comprimidos de ecstasy, 210 quilos de maconha e 53 gramas de cocaína, segundo a Polícia Militar (PM). O suspeito foi abordado por policiais na sexta-feira (20). De acordo com a PM, o homem estava com um saco plástico nas mãos, ao sair de uma casa na Rua Laranjeiras. A polícia informou que, ao ver os policiais chegando, ele soltou a sacola e tentou se esconder dentro da casa novamente. No saco plástico, conforme a PM, estavam os comprimidos de ecstasy e as porções de cocaína. Dentro da casa, os policiais encontraram os tabletes de maconha, além de anotações de contabilidade das drogas e balança de precisão. O homem e a droga apreendida foram levados para a Delegacia de Fazenda Rio Grande. Suspeito com tornozeleira eletrônica foi preso com mais de 900 comprimidos de ecstasy e 210 quilos de maconha, em Fazenda Rio Grande, segundo a PM Divulgação/PM Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

  • - Ponta Grossa tem média de 122 motoristas multados por dia por excesso de velocidade, diz Detran


    Em 2018, foram mais de 7 mil multas a motoristas que não respeitaram os limites de velocidade nas ruas do município, segundo o departamento de trânsito. Em Ponta Grossa, são aplicadas em média 122 multas por excesso de velocidade ao dia, segundo o Detran De janeiro a abril de 2018, mais de 7 mil motoristas foram multados por excesso de velocidade em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, segundo o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). Os números representam uma média de 122 multas por dia. A Autarquia de Trânsito de Ponta Grossa diz que estuda pontos que apresentam a necessidade de lombadas e radares, para tentar diminuir as infrações por excesso de velocidade e, consequentemente, o risco de acidentes. "A gente faz um levantamento pela velocidade que os veículos estão desenvolvendo por ali e, juntamente com isso, o que há no entorno desse local", afirma Gary Dvorek, engenheiro da autarquia. De janeiro a abril de 2018, mais de 7 mil motoristas foram multados por excesso de velocidade em Ponta Grossa, segundo o Detran Reprodução/RPC Na Rua Ricardo Wagner, no bairro Olarias, moradores amarraram uma faixa pedindo a instalação de equipamentos de fiscalização para o controle de velocidade. Eles reclamam de alto risco de acidentes no local, devido ao desrespeito dos motoristas ao limite de velocidade. "Na verdade todos os moradores querem uma lombada ou um radar porque é muito perigoso nessa curva aqui", afirma Milena Jurchaks, que mora na casa onde o aviso foi instalado. O limite na rua é de 30 quilômetros por hora. Na Rua Ricardo Wagner, moradores amarraram uma faixa pedindo a instalação de lombadas para controlar o limite de velocidade no local Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.

Apoios

As 10 Mais

  • 1ºVICTOR E LEO - NA LINHA DO TEMPO
  • 2º LUAN SANTANA - TUDO QUE VOCÊ QUISER
  • 3º GUSTAVO LIMA - FUI FIEL
  • 4º ANITTA - ZEN
  • 5º CRISTIANO ARAÚJO - MAUS BOCADOS   
  • 6º BRUNO E MARRONE - VIDRO FUMÊ  
  • 7º EDUARDO COSTA - ENAMORADO
  • 8º PAULA FERNANDES - NÃO FUI EU
  • 9º IVETE ZANGALO - TEMPO DE ALEGRIA
  • 10º JORGE E MATEUS - LOGO EU

Pedido Musical